Local

Fazenda Floresta, S/N , Umirim - CE, Brasil  

Inscrições

Veja o cronograma das inscrições aqui.

Notícias / Tudo sobre o VI SIC!

Nota Circular Publicada

Postado em: 14/10/2018

1° Nota circular do SIC VI foi publicada.

Cronograma de submissões publicado

Postado em: 14/10/2018

Regras do Alojamento

Postado em: 12/11/2018

Informações Sobre Alimentação

Postado em: 12/11/2018

Novo cronograma divulgado!

Postado em: 14/11/2018

A Programação das Mesas Redondas foi publicada!

Postado em: 26/11/2018

A Programação das Comunicações orais foi publicada!

Postado em: 26/11/2018

A Programação Oficial e completa foi publicada!

Postado em: 27/11/2018

Uma Nota Oficial foi publicada!

Postado em: 27/11/2018

Vídeo promocional do SIC!


Postado em: 18/10/2018

Vídeos de orientação para inscrição de participantes que já possuem cadastro plataforma de eventos do Campus Umirim.


Postado em: 18/10/2018

Videos de orientação para inscrição de participantes que não possui cadastro na plataforma de eventos do Campus Umirim.


Postado em: 18/10/2018

Vídeos de orientação para acompanhamento das inscrições dos participantes do SIC.


Postado em: 18/10/2018

Vídeos de orientação para recuperação da senha da plataforma de eventos do Campus Umirim.


Postado em: 18/10/2018

Palestrantes do VI SIC / Conheça já!

Sandra Margarida Nitrini

ProfessorA pesquisadorA

Possui graduação em Letras Português - Francês pela Universidade de São Paulo (1968), mestrado em Letras - Ecole Pratique Des Hautes Etudes de Paris (1974) e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (1984).É professora titular da Universidade de São Paulo. Foi professora visitante na Universidade de Paris 8, em 2003, 2008 e 2013. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura brasileira, critica literária, literatura comparada, literatura francesa e critica comparatista. Coordena a organização do Fundo Osman Lins junto ao IEB da USP. Participa do Grupo de Pesquisa Brasil-França do IEA da USP, tendo sido sua coordenadora por quatro anos.Desde 2014, coordena o grupo de pesquisa Memória e Literatura , que reúne docentes e doutorandos de três departamentos de Letras da FFLCH, , desenvolvida no âmbito de uma rede de pesquisa pluridisciplinar, ?Memória e sociedades (direito, história, filosofia, arte e literatura)?, que vem sendo desenvolvida pelas universidades e instituições superiores de Lyon, com a participação da Universidade de São Paulo e da Universidad San Martín de Buenos Aires. ,Membro da Associação Brasileira de Literatura Comparada, da qual foi presidente de 2006 a 2008 e membro da Associação Internacional de Literatura Comparada , colaborando com esta Associação na qualidade de membro do comitê de estruturas, desde 2007, Membro da Associação Francesa de Literatura Geral e Comparada. Dentre suas publicações, salientam-se livros e artigos dedicados à Literatura Comparada e à obra de Osman Lins . Foi diretora da FFLCH da USP de 2008 a 2012 e diretora do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP, de 2014 a 2018.

Prof. Dr. Marcos Araújo Bagno

Professor pesquisador

Tem graduação em Letras (Bacharelado em Língua Portuguesa) pela Universidade Federal de Pernambuco (1991), mestrado em Linguística pela Universidade Federal de Pernambuco (1995) e doutorado em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (2000). É professor-adjunto do Instituto de Letras da Universidade de Brasília (UnB). É colaborador do Programa de Estudos da Linguagem da Universidade Federal Fluminense (UFF). Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Tradução, Sociolinguística e ensino, atuando principalmente nos seguintes temas: prática de tradução francês/português, ensino de português, sociologia da linguagem, política linguística, gramática tradicional e português brasileiro.

Prof. Dr. Pedro Henrique Lima Praxedes Filho

Possui graduação em Letras (Português-Inglês e Literaturas) pela Universidade Federal do Ceará (1988), especialização em Ensino de Línguas Estrangeiras-Inglês (1991) pela Universidade Estadual do Ceará, mestrado em Letras (Concentração em Língua Inglesa) pela Universidade Estadual do Ceará (1996), doutorado em Letras/Inglês e Literatura Correspondente (Concentração: Língua Inglesa e Lingüística Aplicada; Linha de Pesquisa: Aprendizagem e Ensino) pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007) e fez estágio pós-doutoral no Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais na interface, em Linguística Aplicada, entre a Tradução Audiovisual/Audiodescrição e a Teoria da Avaliatividade/Linguística Sistêmico-Funcional. Atualmente é Professor Associado O (40h/DE) da Universidade Estadual do Ceará. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Lingüística Aplicada, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento/aprendizagem da língua inglesa como língua estrangeira ou segunda língua (teoria cognitivista da interlíngua e teoria sócio-cultural) e demais línguas adicionais, Linguística Sistêmico-Funcional, lexicogramática, oralidade vs. escrita, Teoria da Avaliatividade, Tradução Audiovisual/Audiodescrição.

Pedro Salgueiro

Colunista do Jornal - O Povo

Nasceu no Ceará, tem editados os livros de contos O PESO DO MORTO; O ESPANTALHO; BRINCAR COM ARMAS e DOS VALORES DO INIMIGO, além de FORTALEZA VOADORA, de crônicas. Foi premiado pela Universidade Federal do Ceará (I, II e III Festivais Universitários da Cultura-UFC, 1992, 1993 e 1994), Ministério da Cultura/Instituto Nacional do Livro, Academia Cearense de Letras, Radio France Internationale – RFI, Secretaria de Cultura do Estado do Ceará, Secretaria de Cultura de Sobral, Fundação Cultural de Fortaleza e Fundação Cultural de Ituiutaba/MG. Possui contos publicados nos CADERNOS POPULARES, na ANTOLOGIA LITERÁRIA DA UECE, na coletânea TALENTO CEARENSE EM CONTOS, na Revista LITERATURA, no jornal literário O PÃO, na revista FICÇÕES na revista LITERAPIA, na revista CALIBÃ, na COLEÇÃO LITERATURA NOVOS TALENTOS, nas antologias GERAÇÃO 90: MANUSCRITO DE COMPUTADOR, em OS CEM MENORES CONTOS BRASILEIROS DO SÉCULO, em CONTOS CRUÉIS: As narrativas mais violentas da literatura brasileira contemporânea e em QUARTAS HISTÓRIAS: Contos baseados em narrativas de Guimarães Rosa. Organizou, com outros escritores, o ALMANAQUE DE CONTOS CEARENSES (1997), que lançou praticamente todos os contistas que surgiram no Ceará na década de 1990. O escritor tem atuado também em projetos coletivos: Almanaque dos Contos Cearenses (1997); Revistas Caos Portátil e Para Mamíferos (tendo já sua quarta edição em 2017), lançando autores da literatura local e nacional.